7.11.08

Vi o dia ensolarado nublar






Vi o dia ensolarado nublar
Diante de uma falsa evolução
D pessoas deterioradas, complexadas
Que reverti o sentido da vida e encaminha há destruição

Vi o dia ensolarado nublar
A terra tremer e embranquecer-se em chamas e fumaças
Animais morrerem e a vegetação virar cinzas
Como um pesadelo retórico
Ou um filme que marcou na infância

Vi o dia ensolarado nublar
Mais, não quero ver o dia em que não mais chover
O dia em que nossos filhos clamara
O dia em que nossos egos nos mostrar
Que a falta de consciência, o descaso
Pesará sobre nossos ombros
Cansados de procurar e não encontrar
Um lago, um rio, nem uma fonte fresca
E só encontrar líquido igual
Nas lagrimas que cairá
Dos culpados e dos inocentes
Foto feita por Marcos, Lençóis em chamas...

Postar um comentário

Meiga e cheia de perfume Você, de todo o meu jardim É a flor mais linda!