9.9.09

Espere meu bem
Os erros foram pensando em acertos
E aquelas noites de insônia eram desenhando você
Desculpe se nas flores tinha espinhos
Não sei ser romântico
Pense na órbita em que o universo se alinhou quando lhe conheci
Espere meu bem as palavras não ditas ainda se conotam
Lembre de minhas expressões faciais
Ainda que elas lhes machucaram
Era a verdade que você nunca quis ouvir
Talvez eu seja ambicioso não querendo ver você partir
Mais...
Meus sonhos acordados refletindo numa co-existência de um outro ser
Não era ilusão
Este ser era você


Postar um comentário

Meiga e cheia de perfume Você, de todo o meu jardim É a flor mais linda!