9.9.09

vejo o quanto me custa ser
muito mais eu, tu e um pouco de nós
desviar dos atentos vícios
dos ciclos, das modas
que não me deixa escolhas
como se fosse natural
correr para o nada
desfazendo-se no tempo
buscando eternizar

vejo o quanto me custa
o medo, a beleza, a frieza
dos jardins
das praças
das ruas mudas e silenciosas
pintadas e regadas para os inertes

vejo o quanto me custa
o indiferente
o indefinido
ser um tanto menino
pensar no destino
imaterial
tão vivo e real
Com muito mais eu, tu e um pouco de nós
Postar um comentário

Negr1 ft. Marreco_ jam session Eco Viva

https://m.youtube.com/watch?t=37s&v=CgaPuGC_aAQ Otus   tempos....