29.11.11

Para todos meus gritos no silêncio morno
Existiu meu bem um conforto na omissão do apego com o amor
É que eu não me quis
Naquela momento, tensão euforismo
e ainda me vens Reprimiiiiir.....
Há um ar que me falta
saliva na boca é que me sobra
E essa moça reluzindo o brilho de lua nova
imagem nítida
focada no reflexo de cristalinas aguas
como o real e a ilusão do sopro do vento
é o seu suave toque
arrepios e suor
sussurras mudas, embriaga-me...
Pois todos meus gritos no silêncio morno
Há ainda um arrr... que me falta.

7.11.11

Nem sempre o obivio vem primeiro
e quase sempre deixamos escapar algumas coisas que jugamos de suma importancia
mas, faço caso das virgulas porém, o que mais me importa mesmo é o ponto final.

Negr1 ft. Marreco_ jam session Eco Viva

https://m.youtube.com/watch?t=37s&v=CgaPuGC_aAQ Otus   tempos....