29.11.15

“Quando o obvio se torna presente o que devemos ao ausento quando não participamos da decisão correta”


Postar um comentário

Meiga e cheia de perfume Você, de todo o meu jardim É a flor mais linda!